terça-feira, 29 de abril de 2008

HOMENAGEM A DORIVAL CAYMMI
No próximo dia 30 de abril, Dorival Caymmi estará completando 94 anos, data que será celebrada com um evento especial na CASA DA MÚSICA, espaço cultural da Fundação Cultural do Estado da Bahia, localizado no Parque Metropolitano do Abaeté, em Salvador.

O evento denominado ITAPUÃ VERSOS CAYMMI, terá início às 18 horas do dia 30 de abril – quarta feira e contará com a seguinte programação:

18h00min – Vídeo Premio Nacional Jorge Amado 2006 - Mestre Caymmi da Bahia
19h00min – Texto Manifesto
19h10min – Interpretes de Itapuã
19h30min – Dança com Espaço VM
19h40min – Música com Giselle Napiralla
19h50min – Interpretes de Itapuã
20h00min – Palestra: A poesia na letra de Caymmi com Ildásio Tavares e Jorge Portugal
21h00min – Orquestra de Violões David Santana
21h30min – As Ganhadeiras de Itapuã
22h00min – Raquel Peixoto

Todos os artistas estarão interpretando canções de Dorival Caymmi, brindando o público através da cmúsica, da dança e da poesia, tendo como cenário uma das principais fontes de inspiração do mestre Caymmi, a Lagoa do Abaeté.

O que: Homenagem a Dorival Caymmi (Itapuã Versos Caymmi)
Quando: 30 de abril - Quarta-feira
Onde: Casa da Música (Lagoa do Abaeté)
Entrada Franca

ITAPUÃ VERSOS CAYMMI

Itapuã foi cenário, território, motivo de criação para o cancioneiro de Dorival Caymmi, que como ninguém traduziu em poesia a vida, os costume, as festas, o jeito, os movimentos e sentimentos desse povo. As partidas e chegadas (ou não) dos canoeiros, jangadeiros. A angustia e a alegria de mães, mulheres, amores. A natureza exuberante, a tranqüilidade. As lendas, os mistérios, os milagres. A fé, o sabor e o vigor.

Desse lugar cantado com tanta grandeza, o que encontramos ainda? O que resta no imaginário? A saudade, com certeza! Mas, como estão “o mar bonito quando quebra na praia”, o coqueiro e a morena? A areia, as águas e o luar do Abaeté. Onde estão Pedro e Rosinha de Chica. Chico Ferreira e Bento. João Valentão, Maurino, Dadá e Zeca?

Dentro da conformação urbana atual, onde grande parte das características reveladas nas músicas de Caymmi praticamente desapareceu, onde predomina a cultura consumista e completamente alheia às questões relevantes do bairro. Faz-se necessário um exercício de reflexão sobre o legado histórico e sobre qual a importância da referida obra como fonte de pesquisa e memória.

Além de justa homenagem a esse respeitável artista o evento cultural ITAPUÃ VERSOS CAYMMI, é uma oportunidade para a comunidade local e o público em geral poderem conhecer mais de perto a vida e a obra deste admirável artista que faz parte da história do bairro.

Amadeu Alves
Casa da Música

Nenhum comentário: